As quizilas, as réplicas e tréplicas inerentes ao pathos convivial — contraparte necessária ao pathos da distância constitutivo da linguagem da poesia — nos condenam a uma atitude de análise em que o importante é nos sentirmos implicados quer nos logros, quer nas pertinências que denunciamos.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

a gênese suspeita da concordância



Se, para formar a estrutura do conhecimento se exige uma sutil anuência (uma concepção de Russell) ou uma confiança quase incondicional no que se vai conhecer, onde e quando começaria uma discrepância crítica e até onde esta iria sem a incômoda tarefa de rever-se?

Sob esse aspecto, as mentes que aparentemente pouco ou nada assimilam são, à primeira vista, também agentes de alguma resistência apreciável, principalmente por parecer desnecessário divulgarem os motivos pelos quais se incapacitam (ou se negam?) a apreender, sem reservas, o conteúdo da mensagem. Considerando que a rigor ninguém está livre da compreensão, não reside aí uma hábil estratégia travestida de inépcia que desfalca e tumultua a economia cumulativa dos sentidos?

Mas vale lembrar: se essas inteligências se ressentem de alguma agudeza crítica ou se mal e mal esboçam os traços de uma tímida discórdia, há ainda a suspeita de estarem menos sujeitas à imobilização ditada pelo apreço incondicional à idéia.

Cândido Rolim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores